Quarta, 17 Junho 2015 02:59

Alunos da Educação Integral participam de Oficina de Circo

Alunos da educação em tempo integral se divertem na oficina de circo: equilíbrio e malabares Upaon-Açu

A educação em tempo integral é uma forma de ensino oferecida pelo Upaon-Açu, em que os estudantes participam de atividades na escola durante o dia inteiro. Metade de um dia letivo, os alunos estudam as disciplinas do currículo básico, como português e matemática, e o outro período é utilizado para aulas ligadas às artes, esportes, saúde e qualidade de vida.

De acordo com a pedagoga Claudia Siqueira, especialista no assunto, a educação em tempo integral permite um aprofundamento no conhecimento, ampliação do olhar, e a valorização das diversas áreas que fazem parte da formação do aluno e do trabalho com as competências tanto sociais quanto intelectuais.

Este método permite também a integração por meio de atividades interdisciplinares. No Upaon essa relação é pautada no desenvolvimento de habilidades de linguagem, já que os alunos participam de aulas de inglês, projetos pessoais e são trabalhados conteúdos em atividades como jogos e ações de responsabilidade social.

A professora Jalda, uma das responsáveis pelos alunos da educação em tempo integral, explica que além das atividades curriculares diárias, elas participam de aulas deinglês, possuem uma horta, aprendem sobre o trânsito, oficinas de arte, dança, esportes, teatro  e outras habilidades são oferecidas com frequência. “A professora Elsa Balluz, diretora do Upaon-Açu, sempre traz esse tipo de atividade. Recentemente, no fim de maio, a Companhia Circo Tá na Rua veio ministrar uma divertida oficina de circo com as nossas crianças”, conta.

Esta oficina proporcionou aos alunos a experiência com malabares e fitas, atividade que estimulou a concentração e o equilíbrio, contribuindo no desenvolvimento de habilidades importantes na formação dos alunos, como a necessidade da prática e da persistência. “Foi uma atividade muito interessante, as crianças ficaram bastante alegres e tamanha foi a diversão. É sempre bom participar de ações e experiências novas, que estimulam a criatividade e proporcionam interação, compartilhamento e uma forma descontraída de aprendizado”, reforça a professora Jalda.

Maiores Informações